Flebite e Varizes

A Flebite, também chamada de tromboflebite superficial, consiste na formação de um coágulo, seguido pela inflamação das paredes de uma veia superficial ou de seus arredores.

O grande problema é que se essa condição não for corretamente tratada, pode ter consequências sérias, especialmente para quem já sofre com as desagradáveis varizes.

Por isso é que vamos falar um pouco mais sobre o assunto a seguir e entender mais do caso.

Como surge a flebite

A flebite é uma condição que tende a atingir os membros inferiores, especialmente na região das pernas. Muita gente pensa que elas afetam apenas pessoas que já têm varizes, mas isso é um engano.

No entanto, claro, a ocorrência da flebite é mais comum em pessoas que têm as varizes. Por isso, podemos dizer que isso é considerado um fator de risco e portanto quem tem varizes deve se tratar o quanto antes com o Creme Varizero ou outros tratamentos tão eficazes quanto.

Isso porque as veias varicosas apresentam uma alteração estrutural considerável, que acabam predispondo a formação de coágulos e, consequentemente, a flebite.

A flebite, por sua vez, pode se manifestar em uma condição amis aguda e mais dolorosa, mantendo-se assim e sendo necessária a realização de procedimento cirúrgico no local afetado.

A importância de tratar corretamente

Pois bem, como já foi explicado, a flebite é consequência de um coágulo que se forma e que acaba gerando uma inflamação do vaso e seus arredores.

O que acontece é que a persistência de um processo inflamatório e do endurecimento do vaso no local, pode acabar evoluindo, em alguns casos, para uma trombose profunda.

A consequência pode ser embolia pulmonar, que é até letal em alguns casos.

Assim, um problema que é aparentemente simples pode levar a consequências graves, sendo necessária muita atenção e cuidado.

A dica é procurar um especialista na área, visto que a flebite também pode ser vista como um sinal de outras doenças, tais como arteriopatias, neoplasias e colagenoses.

A forma de tratamento pode variar de acordo com a gravidade, intensidade e extensão do problema e seus sintomas, portanto, somente um especialista é que pode avaliar cada caso individualmente para determinar a melhor abordagem.

Dentre as medidas adotadas no tratamento, está a de manter o repouso, elevar os membros inferiores para facilitar a circulação, realizar compressas com água morna, fazer uso de anti-inflamatórios, usar anticoagulantes e também outros medicamentos.

Nos casos mais graves, pode ser recomendada a realização de um procedimento cirúrgico.

Pronto, agora você já sabe sobre a flebite e como ela pode afetar quem já tem varizes, para saber como Varizero pode ajudar, leia este outro artigo: https://danielgrecco.com.br/varizero-funciona/

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *